como desenhar paisagem

6 dicas de como desenhar paisagem – fácil e descomplicado

Paisagens são ótimas referências para se fazer desenhos e quadros, mas como fazer esse tipo de trabalho? Se você já tentou desenhar uma paisagem deve ter percebido que é difícil as vezes, talvez tão difícil quanto desenhar corpo humano. Neste post apresento 6 dicas para você aprender de uma vez por todas como desenhar paisagem, envolvendo portanto noções de ponto de fuga e perspectiva. Não se assuste, só vamos nos aprofundar um pouquinho nisso, e você vai ver seus desenhos melhorando cada vez mais.

Curso de desenho realista 2 - 6 dicas de como desenhar paisagem - fácil e descomplicado


Introdução

O que é necessário para desenhar paisagens bem?

É necessário conhecer algumas técnicas de desenho, em especial técnicas voltadas para o esboço da sua paisagem.

Digo isso porque, geralmente, quando desenhamos uma paisagem e algo dá errado, o erro está no esboço.

O esboço é como se fosse os alicerces do desenho, ou melhor, a estrutura que faz com que o desenho fique bonito e impressionante. Sem essa estrutura, suas paisagens vão ficar meia boca.

Neste post focaremos então nos traços iniciais do seu desenho, abordando ao final algumas técnicas de sombreamento e textura, para conferir algum realismo ao seu desenho.


1ª Dica – Trace a linha do horizonte

Uma coisa que ajuda bastante na hora de fazer desenho de paisagem é traçar a linha do horizonte.

Ao fazer isso, você cria uma espécie de linha que vai guiar todos os elementos do seu desenho, sendo portanto a primeira coisa que você deve fazer.

Dito isso, fique atento à sua referência, já que alguns desenhos não precisarão de uma linha do horizonte.

Geralmente desenhamos a linha do horizonte em paisagens rurais, em campos, planícies e coisas afins. Se for esse o seu caso, trace-a primeiro e você terá mais facilidade em esboçar o restante do desenho.


2ª Dica – Faça primeiro as linhas de perspectiva

Agora estamos chegando numa parte muito importante.

Para aprender como desenhar paisagem você precisa entender um pouco de perspectiva e, para entender de perspectiva, você precisa entender um pouco de ponto de fuga.


Como desenhar paisagem – a importância do ponto de fuga

O que é ponto de fuga?

Ponto de fuga é o ponto para onde as linhas do seu desenho estão convergindo.

Não entendeu? Vou mostrar um desenho, e então você irá entender um pouco mais:

cubo com pontos de fuga 1024x571 - 6 dicas de como desenhar paisagem - fácil e descomplicado

Na imagem acima temos dois pontos de fuga, um à direita e outro à esquerda do cubo.

Note que as arestas do cubo, representadas por traços, convergem para os mesmos pontos em vermelho. Esses pontos em vermelho são os pontos de fuga do desenho acima!

Quando você for reproduzir uma paisagem em um desenho, tente entender para onde as linhas estão convergindo. tente encontrar o(s) ponto(s) de fuga. Isso serve tanto para desenhos com referência em foto como para desenhos em que você está observando ao vivo a paisagem.

Caso você queira inventar um cenário completamente da sua imaginação, tenha em mente que você precisará estudar um pouquinho mais sobre ponto de fuga, para criar suas próprias paisagens.

Enfim, olhando a figura você pode ver as linhas mais claras que vão em direção aos pontos de fuga. Você precisa marcar essas linhas antes de continuar seu desenho de paisagem. Marque todas as linhas de perspectiva antes de esboçar o seu desenho.


Como desenhar paisagem – Quantos pontos de fuga podemos ter?

Na figura do cubo, apresentada mais acima neste post, temos dois pontos de fuga. Existem desenhos mais simples, com apenas um ponto de fuga. A pergunta que fica é: podemos ter quantos?

Geralmente temos um, dois ou três pontos de fuga, sendo que a dificuldade para desenhar vai aumentando conforme aumenta o número de pontos de fuga. Ou seja, um desenho com três pontos de fuga é mais difícil de se fazer do que um desenho com dois.

Olhe só a fotografia abaixo, com três pontos de fuga:

ponto de fuga exemplo - 6 dicas de como desenhar paisagem - fácil e descomplicado

Na foto acima foi marcado de vermelho, azul e verde a linhas de perspectiva que levam aos três pontos de fuga.

Uma última questão: podemos ter mais de três pontos de fuga?

A resposta é sim. Podemos ter até mesmo desenhos com 5 pontos de fuga. Mas não se incomode em pensar nisso neste momento, afinal você precisa dominar desenhos com um, dois e três pontos de fuga primeiro.


3ª Dica – Esboce os elementos e só depois detalhe o desenho

Depois de traçar a linha do horizonte e fazer as linhas de perspectiva, você deve esboçar o desenho.

Na figura abaixo, temos a linha do horizonte e as linhas de perspectiva já traçadas.

Horizon Line And Vanishing Point - 6 dicas de como desenhar paisagem - fácil e descomplicado

Quando digo esboçar o desenho estou me referindo às formas básicas presentes na imagem que você quer reproduzir.

Faça os contornos dos elementos que compõe a paisagem – árvores, casas, animais, pedras, rios, nuvens e qualquer outras coisa que esteja presente na sua referência.

Não coloque detalhe algum no desenho! Esse não é o momento certo. O que você deve fazer é colocar os contornos e deixar indicado onde cada elemento do desenho se encontrará.

Recapitulando então os passos que você deve seguir até o momento:

  • Traçar linha do horizonte, se aplicável ao seu desenho;
  • Fazer as linhas de perspectiva do desenho;
  • Esboçar os elementos da sua paisagem.

Somente depois de seguir esses três passos o seu desenho estará pronto para ser detalhado.

Ou seja, depois dessa etapa é que você começará a sombrear, a desenhar as folhas das árvores, a fazer texturas nas diversas superfícies do seu desenho, entre muitos outros detalhes e acabamentos.


4ª Dica – A dificuldade dos desenhos deve ser progressiva

Essa dica para desenhar paisagens se aplica a todo tipo de desenho.

Não adianta você querer desenhar paisagens e, logo no seu primeiro desenho, você tenta fazer algo extremamente complexo e com alto detalhamento.

Seus desenhos iniciais devem ser simples! E além disso, você deve usar referências para ir treinando, e só depois de algum tempo você pode tentar inventar um cenário ou paisagem. Inventar é mais difícil do que copiar, então comece copiando.

Quando for escolher as referências, procure aquelas que têm apenas um ponto de fuga. Depois de um tempo escolha outra com dois pontos de fuga e assim sucessivamente.

Recapitulando então! O grau de dificuldade dos desenhos de paisagem aumenta na proporção em que aumentam os pontos de fuga e o detalhamento da referência. Inventar paisagens só depois de muita prática!


5ª Dica – Erro mais comum: a proporção entre os elementos

Um erro super comum no desenho de paisagem é errar a proporção dos elementos que compõe o seu cenário.

Muita gente quando desenha paisagem esquece de comparar um elemento com o outro.

Por exemplo: se você desenha uma pessoa do lado de um caminhão, o veículo deve ser muito mais alto do que a pessoa, correto? Um caminhão pode ter uns três metros de altura, enquanto que uma pessoa mediana vai ter algo entre 1,50 e 1,80 metros. Convenhamos que, em hipótese alguma, a pessoa vai ter a mesma altura que o caminhão.

O que ocorre é que, as vezes, quando desenhamos elementos distante na nossa paisagem, erramos um pouquinho na proporção entre esses elementos. As vezes os erros são sutis, mas para olhos atentos fica muito evidente essas desproporções.

Então a dica é: Compare o tamanho dos elementos que compõe sua paisagem. Compare um com o outro e veja se o quadro geral está fazendo sentido!

Landscape 1 - 6 dicas de como desenhar paisagem - fácil e descomplicado

Olhe por exemplo o desenho acima.

A árvore mais próxima do observador é maior, enquanto que a árvore mais distante é menor. Proporções corretas.

Se eu desenhasse uma terceira árvore, próxima à montanha, com certeza a árvore ficaria pequenininha, quase como um borrão, para respeitar as devidas proporções.

Observe também que a linha do horizonte, traçada anteriormente, ainda se encontra visível.

Além da linha do horizonte, observe que o ponto de fuga é bem definido nesse desenho – ele se encontra no fim da estrada.

Se você começar a perceber todos esses elementos, vai ficar mais fácil compor seus próprios desenhos de paisagem.


6ª Dica – Quanto mais distante, mais claro e desfocado

Se você quer aprender como desenhar paisagem é importante saber dar aquela sensação de profundidade ao seu desenho.

Uma coisa que ajuda a dar esse efeito, além do ponto de fuga, é a tonalidade e o nível de detalhamento dos elementos.

Por exemplo, se tem uma árvore em sua paisagem, perto do observador, ela vai estar detalhada, nítida e com bastante contraste entre luz e sombra.

Já uma árvore longe do observador deverá ter um tom mais claro e menos detalhes.

Observe o desenho abaixo, onde dá para perceber essa diferença:

como desenhar paisagem - 6 dicas de como desenhar paisagem - fácil e descomplicado

No desenho que fiz, acima, temos justamente uma árvore mais próxima do observador, e outra mais distante.

Observe que a árvore mais distante está mais clara e com menos detalhes.

O mesmo vale para o fundo do quadro.

Quanto mais distante os elementos (montanhas, árvores, casas, pessoas, qualquer coisa), menos detalhes serão vistos e o traço será mais claro.


Como desenhar paisagem: técnicas extras

Todas as dicas apresentadas até então focavam em estruturar e esboçar o desenho de paisagem, para que não houvessem desproporções e erros de perspectiva.

Para terminar o desenho e finalizá-lo da melhor forma possível devemos usar outras técnicas.

Se você está fazendo um desenho preto e branco a lápis, então o que ajudaria muito são técnicas de desenho realista.

Muitas dessas técnicas podem ser aprendidas no curso de Desenho Realista, onde você pode aprender a desenhar texturas de diferentes materiais, como metais, tecidos e muitos outros. Somado a isso, são ensinadas técnicas e exercícios de sombreamento, para fazer os melhores desenhos de rostos, objetos, paisagens e animais. Confira!


Como desenhar paisagens – Referências

Caso você queira referências para desenhar paisagens, recomendo que olhe esta pasta do Pinterest.

Lá você encontrará algumas fotografias de paisagens que podem ser usadas como referência. A pasta está sendo construída por mim e, no momento, tem algumas dezenas de fotos.

A tendência, no entanto, é que eu coloque mais e mais fotos lá, criando uma enorme galeria de paisagens para desenhar.

Confira, é só clicar no link.


Resumo – Como desenhar paisagem

As cincos dicas para desenhar bem paisagens são:

  • Trace a linha do horizonte, se for conveniente para o seu desenho;
  • Faça as linhas de perspectiva do seu desenho;
  • Esboce os elementos do seu desenho e, só depois, coloque detalhes no desenho;
  • Comece fazendo desenhos simples e vá aumentando gradativamente a dificuldade e complexidade dos desenhos;
  • Tome cuidado com a proporção entre os elementos do desenho;
  • Elementos distantes são mais desfocados e claros, enquanto elementos próximos ao observador apresentam maior nitidez e contraste.

Se você seguir essas 5 dicas de como desenhar paisagem, tenho certeza, seus desenhos vão melhorar muito.

Curtiu o post? Compartilhe 😉

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Deixe seu e-mail para receber novidades do Blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *